Diet ou light?

Os alimentos diet e light podem ser aliados da boa forma — ou vilões. Para que seu regime não derrape, conheça as armadilhas escondidas no rótulo desses produtos

Por Marjorie Zoppei e Carolina Cardoso // Ilustrações F. Scomazzon

Levante a mão quem nunca comprou um produto light ou diet para brecar o consumo de calorias. Você não está sozinha nessa: de dez anos para cá, esse mercado cresceu 800%, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos Dietéticos (Abiad). Para 2010, a estimativa é de que evolua mais 9% em relação ao ano passado.

Mas incorporar alimentos diet e light à sua despensa não significa sucesso na perda de peso — as duas versões não são, necessariamente, pouco calóricas. Ainda pairam muitas dúvidas na cabeça das consumidoras no que diz respeito à diferença entre as duas variedades. A confusão começa com a legislação brasileira, que permite que produtos diet sejam rotulados de light.

Veja o exemplo dos refrigerantes: embora o açúcar tenha sido substituído por adoçante na fórmula das bebidas (o que as qualifica como diet), as empresas preferem usar o termo light, por estratégia mercadológica. Consultar o rótulo dos alimentos antes de se decidir por um ou outro ajuda na possibilidade de uma escolha certa. Segundo dados da Abiad, 86% dos consumidores não leem a composição nutricional dos produtos que adquirem. “Esse é um dos piores hábitos alimentares da população brasileira”, afirma Carlos Gouvêa, presidente da entidade. Outra estratégia é devorar esta reportagem para descobrir as principais diferenças, propriedades e recomendações de cada versão. Assim, você não terá nenhuma surpresa negativa na balança — nem na saúde.

Qual é a diferença entre alimentos diet e light?
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) classifica como diet os produtos com restrição de algum tipo de nutriente — açúcar, por exemplo. Também se encaixam na categoria alimentos com isenção total de gordura, sódio, carboidratos ou proteínas. Essas alterações são feitas visando pessoas com regimes especiais, como diabéticos, hipertensos, gestantes ou alérgicos. Já as versões light são aquelas que, em relação à fórmula original, têm uma redução mínima de 25% da quantidade de qualquer ingrediente, como o próprio açúcar, gordura e sódio. Por isso, não se engane: o termo light não se refere exclusivamente à quantidade de calorias. O ponteiro da balança pode subir se você comer um alimento em dobro só por ele levar esse selo.

As versões diet e light são mais saudáveis que as convencionais?
Depende do tipo de alimento. O chocolate diet, por exemplo, apesar de não conter açúcar, possui até 20% mais gordura do que o tradicional. Já o sal e o shoyu light, se consumidos com moderação, são mais saudáveis por ter até metade do sódio da fórmula clássica, evitando hipertensão e retenção de líquidos. Com relação aos iogurtes light, um dos produtos mais procurados do segmento, a nutricionista Patricia Davidson, do Rio de Janeiro, faz uma ressalva. “Eles levam, na maioria das vezes, aspartame, ciclamato e sacarina sódica, substâncias que podem ser prejudiciais à saúde a longo prazo”, afirma. Alguns estudos associam o consumo prolongado de aspartame ao câncer. Já os outros dois edulcorantes são ricos em sódio.

Posso substituir a versão normal pela light sempre?
Não. Para fazer a troca, é preciso saber o que mudou em relação à fórmula convencional. “Em algumas situações, os produtos light recebem uma quantidade enorme de substâncias químicas em detrimento daquelas com valor nutricional”, afirma a nutricionista Daniela Jobst, membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional, nos EUA. É o caso dos sucos em pó. Prefira a versão industrializada líquida, em garrafa ou caixinha, sem conservantes — se não puder consumir o suco natural, claro.

Há contraindicações para o consumo desses alimentos?
Laticínios semidesnatados são contraindicados para crianças e adolescentes. De acordo com a presidente da Associação Gaúcha de Nutrição, a nutricionista Jacira Conceição dos Santos, nos semidesnatados são retiradas partes das vitaminas lipossolúveis que o leite integral contém, como as vitaminas A, E e D, indispensáveis para a fixação do cálcio nos ossos da moçada em fase de crescimento. Pelo mesmo motivo, recomenda-se que adultos com risco de desenvolver osteoporose consumam laticínios integrais.

Refrigerante zero é light ou diet?
Nos últimos anos, as indústrias de bebidas alteraram o rótulo dos refrigerantes, trocando o termo “diet” pelo “light”. A Coca-Cola Light, por exemplo, é a antiga Coca-Cola Diet. Como o açúcar continua eliminado da fórmula, a bebida ainda pode ser considerada dietética. A confusão dos consumidores ficou ainda maior com a chegada da variedade Zero. Sua receita é quase idêntica à da light e também livre de açúcar — o que muda é a combinação dos adoçantes. Mesmo assim, trata-se de dois produtos direcionados para públicos diferentes (aqueles que têm restrição alimentar ou querem apenas economizar na caloria).

Alimento diet, com isenção de açúcar, é indicado somente para diabéticos?
Eles não são tão vantajosos para quem não sofre da doença, mesmo que em alguns casos auxiliem na redução de peso. Isso porque, para compensar a retirada completa do açúcar sem prejuízo do sabor, acrescentam-se à fórmula ingredientes como sódio. Além disso, outro adoçante corriqueiro nessas fórmulas é o sorbitol, derivado da glicose e da frutose, bastante calórico. “Em excesso, a ingestão do sorbitol causa diarreia. Por essa razão, só deve ser consumido sob orientação de um profissional”, explica Patricia.

Quem tem colesterol alto deve comer alimento light?
Nesse caso, recomenda-se o consumo de alimentos light com redução de gordura saturada e com teor zero de gordura trans — a exemplo dos laticínios desnatados. Outra opção é a substituição de alimentos ricos em gordura saturada, como o óleo de soja, sorvete ou comida congelada, por gorduras consideradas de boa qualidade, como as do tipo monoinsaturada encontradas no azeite, abacate e castanhas.

Grávidas e crianças podem consumir produtos light e diet?
Adoçantes como aspartame, sacarina, sucralose, ciclamato e sorbitol, que para alguns ainda são vistos como vilões, já começam a ter defensores. “Pesquisas recentes indicaram que, para fazer mal a uma grávida, esses produtos precisam ser consumidos em doses exageradas, como um vidro por dia”, argumenta a nutricionista Cynthia Antonaccio, especialista em comportamento alimentar e diretora da Equilibrium Consultoria e Nutrição, em São Paulo. Para não colocar suas pacientes em risco, as especialistas sugerem alimentos à base de sucralose, único adoçante artificial derivado do açúcar, com menor quantidade de aditivos químicos. Para as crianças, as versões light e diet são recomendas apenas em caso de diabetes ou obesidade. Os pequenos que ingerem esses produtos desordenadamente podem sofrer com disfunção no rim ou no fígado, por exemplo, por causa dos resíduos tóxicos dos adoçantes artificiais. Uma boa saída, segundo Daniela Jobst, é substituir o açúcar refinado pelo mascavo ou o mel.

Entre as gôndolas Perdida em meio a tantas opções diet e light no supermercado? Quatro nutricionistas recomendam os alimentos a seguir* Pães e cereais

1| Vitta Natural Light 100% Integral Linhaça e Cenoura — Nutrella Além da linhaça e da cenoura, leva farinha de trigo integral, que contém mais vitaminas, fibras, proteínas e minerais do grão. Cada fatia tem 36 calorias. Tel. 0800 7024626

2| Pão Light 100% Integral 12 Grãos — Pullman Com 49 calorias por fatia, contém semente de girassol, trigo, centeio, milho, gergelim, aveia, linhaça, quinoa, farelo de milho, soja e farinha de aveia. Tel. 0800 7024626

3| Barra de cereais Gergelim e Quinoa — Levitta Contém aminoácidos essenciais, como lisina e metionina, que ajudam a potencializar a atividade cerebral e a manter a memória ativa. Possui 37 calorias. Tel. 0800 6441866

4| Barra de cereais com soja sabor Brownie — Woman Care Com 95 calorias para cada porção de 25 g, fornece componentes essenciais como fibras, vitaminas e minerais. Fonte de lecitina de soja, ameniza os efeitos da TPM. Tel. 0800 7016966



* Vanessa Leite, nutricionista especializada em psicologia do emagrecimento, de Porto Alegre, Daniela Jobst, Patrícia Davidson e Cynthia Antonaccio.

Entre as gôndolas Perdida em meio a tantas opções diet e light no supermercado? Quatro nutricionistas recomendam os alimentos a seguir* Biscoitos, sobremesas e achocolatado

5| Biscoito Combina com Seu Dia 3 Cereais — Nestlé
Com apenas 92 calorias por pacote de 126 g, tem 69% de redução da gordura saturada quando comparado ao biscoito de gergelim tradicional. Tel. 0800 7702457

6| Biscoito Magic Toast Light — Marilan
Fonte de fibra (0,9 g) e proteínas (2,8 g), cada porção de 30 g conta com apenas 86 calorias e zero de colesterol. Tel. 0800 116933

7| Cookie Diet Integral Sabor Banana — Vitao
Cada porção de 30 g é rica em fibra (3,2 g), zero em colesterol e tem redução de sódio (82 mg) e açúcares (0,6 g). Tel. 0800 7226510

8| Chocolate Talento Intense Nuts — Garoto
Possui 55% de cacau, rico antioxidante que livra seu corpo de radicais livres. Cada tablete de 25 g contém 133 calorias. Tel. 0800 559550

9| Bolo Americano Light com Nozes e Damasco — Fin’Arte
Com 130 calorias por fatia — 35% menos do que a versão tradicional —, contém apenas açúcar proveniente das frutas, sem aditivos químicos. Tel. (11) 3819 8192

10| Achocolatado Diet Gold — Gold Nutrition
O produto não leva sódio e colesterol na composição. Possui 35 calorias para cada 9 g. Tel. 0800 7016966.







Sucos

11| Suco de Uva — Aurora
Não tem adição de água, corantes, açúcar, adoçantes e corretivos químicos. É o primeiro suco a conseguir o selo da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Tel. 0800 7014555

12| Suco de Pêssego Premium Light — Dafruta
Com 36 calorias para cada 200 ml, fornece 50 mg de vitamina C, mais de 110% da recomendação de consumo diário. Tel. 0800 0813022

13| Suco de Cranberry Light — Juxx
Em embalagem longa vida, cada 200 ml da bebida oferece 60 mg de vitamina C, 30% além da recomendação diária da OMS. Tel. (11) 4134 1600 Laticínios

14| Iogurte Natural Desnatado — Nestlé
Rico em probióticos, que ajudam a manter o intestino saudável, é boa fonte de proteínas (7,7 g) e conta com apenas 79 calorias por pote. Tel. 0800 7702457

15| Becel Pro.Activ Bebida Láctea — Unilever
Enriquecido com fitoesterois, promete reduzir o nível de colesterol do sangue em aproximadamente 10%. Tel. 0800 7079944

16| Leite Condensado Light Moça — Nestlé
Com 0% de gordura, possui 55 calorias para cada colher de sopa (20 g), 25% menos do que a versão normal. Tel. 0800 7702457


Congelado, refrigerado e itens para cozinhar

17| Atum Sólido Light — Gomes da Costa
Com 60 calorias para cada 100 g, o peixe é conservado em água, reduzindo a quantidade de gordura de 3,6 g para 1 g. Tel. 0800 7041954

18| Maionese Light — Hellmann’s
Cada colher (sopa) do produto contém 30 calorias, ante 40 da versão original. Não possui gordura trans. Tel. 0800 7079977

19| Creme Vegetal Becel Pro.Activ — Unilever
Possui 35% de gordura e 0% de gordura trans, com aprovação da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e da Federação Mundial do Coração (WHF). Tel. 0800 7079944

20| Hambúrguer de Proteína Vegetal Vita Soja — Sadia
Cada unidade de 80 g fornece 3,7 g de fibra e 1,28 mg de ferro. Tel. 0800 7028800

21| Leite de Coco Light — Ducoco
Com baixíssimo teor de sódio (5,6 mg para cada 15 ml), tem zero de colesterol e apenas 13 calorias por porção Tel. 0800 139933

22| Sal Mais Minerais Light — Cisne
Tempero com redução de 50% do teor de sódio, é fonte de seis minerais essenciais: magnésio, zinco, selênio, iodo, potássio e cálcio. Tel. 0800 177667

23| Molho de Tomate Light com Manjericão — Sapori
Conta com a redução de 25% de calorias (24 cal) e sódio (191 mg) para cada porção de 60 g. Tel. 0800 7737799

Fotos: Istockphoto (Modelo), Divulgação (Stills)
http://revistawomenshealth.abril.com.br/edicao/023/diet-light.shtml

Diet ou light?

Sucos

11| Suco de Uva — Aurora
Não tem adição de água, corantes, açúcar, adoçantes e corretivos químicos. É o primeiro suco a conseguir o selo da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Tel. 0800 7014555

12| Suco de Pêssego Premium Light — Dafruta
Com 36 calorias para cada 200 ml, fornece 50 mg de vitamina C, mais de 110% da recomendação de consumo diário. Tel. 0800 0813022

13| Suco de Cranberry Light — Juxx
Em embalagem longa vida, cada 200 ml da bebida oferece 60 mg de vitamina C, 30% além da recomendação diária da OMS. Tel. (11) 4134 1600 Laticínios

14| Iogurte Natural Desnatado — Nestlé
Rico em probióticos, que ajudam a manter o intestino saudável, é boa fonte de proteínas (7,7 g) e conta com apenas 79 calorias por pote. Tel. 0800 7702457

15| Becel Pro.Activ Bebida Láctea — Unilever
Enriquecido com fitoesterois, promete reduzir o nível de colesterol do sangue em aproximadamente 10%. Tel. 0800 7079944

16| Leite Condensado Light Moça — Nestlé
Com 0% de gordura, possui 55 calorias para cada colher de sopa (20 g), 25% menos do que a versão normal. Tel. 0800 7702457

No Dia Mundial Sem Carro, veja 100 motivos para andar a pé

Especialistas mostram por que vale a pena calçar o tênis e praticar a caminhada












É bom andar a pé, como diz a música de Wilson Simoninha. E, no dia 22 de setembro, você tem um motivo a mais para isso: aderir às ações do Dia Mundial sem Carro, criado em 1996 pelos franceses em protesto à poluição ambiental. De lá para cá, cidades do mundo engajaram-se no movimento



caminhada é uma atividade fácil de ser realizada, que tonifica o corpo e queima muitas calorias , afirma a personal trainer do MinhaVida, Valéria Alvim. E, se você ainda está em dúvida quanto a deixar o carro na garagem, acompanhe as dicas abaixo.





s consultores da MPR e autores do Guia de Corrida, Fábio Rosa e Emerson Gomes, listam a seguir cem motivos capazes de convencer qualquer pessoa a abrir mão do volante, e não só uma vez por ano. Mas sempre que possível. Acompanhe:










1- Aumenta a liberação de endorfinas, ajudando no combate do stress, ansiedade e depressão.

2- Tonifica a musculatura das pernas, coxas e glúteos

3- Possui um gasto médio de 200-300 kcal/hora

4- Na subida o gasto calórico pode aumentar para até 450kcal/hora

5- Melhora a circulação sanguínea 6- Auxilia na prevenção de varizes

7- Auxilia no controle da pressão arterial

8- Auxilia no controle do colesterol, aumentando o HDL(bom colesterol) e diminuindo o LDL (mau colesterol)

9- Aumenta a massa muscular

10- Melhora a atividade do sistema imunológico

11- Ajuda a prevenir a osteoporose, através da compressão imposta aos ossos pelo impacto da caminhada

12- Aumenta o metabolismo de repouso, aumentando assim o gasto calórico diário

13- Aumenta a capacidade dos pulmões absorverem o oxigênio

14- Auxilia no combate a diversos tipos de câncer

15- Alivia os sintomas da TPM

16- A caminhada durante a gestação pode facilitar o parto, por manter a musculatura firme

17- Acelera a recuperação pós-parto

18- Acelera a recuperação de cirurgias

19- Aumenta a força dos membros inferiores

20- Melhora flexibilidade

21- Acelera a atividade do sistema nervoso, auxiliando na condução de impulsos

22- Auxilia no controle postural, pois exige sustentação do tronco

23- Diminui riscos de derrame cerebral

24- Auxilia no controle e prevenção da diabetes

25- Ajuda a prevenir a obesidade

26- Auxilia no combate ao tabagismo

27- Melhora a auto estima

28- Combate a insônia

29- Praticamente sem contra indicações

30- Você fica mais disciplinado, pois caminhando para o trabalho, há horário a cumprir e com isso impõe um ritmo a seu organismo

31- Tem baixo custo. Basta apenas um calçado confortável com amortecedor

32- Aumenta o contato com o meio ambiente, ficando livre do ar condicionado do carro e do escritório

33- Auxilia na absorção de vitamina D, se realizada durante o dia devido à irradiação solar

34- Sem pegar o carro, você colabora com o trânsito

35- Colabora com o controle da emissão de gases que provocam o aquecimento global

36- Você fica livre dos congestionamentos e do stress que os engarrafamentos provocam aos motoristas

37- Deixando o carro na garagem, você gasta menos dinheiro com combustível

38- Você economiza com o altíssimo valor cobrado pelos estacionamentos

39- Pode fazer suas comprar durante a caminhada de ida e volta ao trabalho, evitando a perda de tempo em se deslocar somente para isso

40- Caminhar nas ruas permite observar melhor a arquitetura dos prédios e descobrir lugares nunca antes observados

41- Caminhar nos parques permite observar a natureza

42- Aumenta a percepção de umidade e temperatura

43- Caminhar em contato com a natureza pode reduzir ainda mais a ansiedade, pois a cor verde traz tranqüilidade

44- Podemos observar as nuvens no céu, o que dificilmente pode ser feito dentro de um carro
45- Podemos ver o nascer do sol enquanto caminha em direção ao trabalho

46- Podemos desenvolver a audição prestando atenção nos sons dos carros que se aproximam

47- Em um parque, podemos ouvir o cantar dos pássaros

48- Podemos ver o pôr do sol enquanto voltamos do trabalho

49- Enquanto caminhamos, podemos conversar com os amigos

50- Caminhando diariamente, você fica em forma e pode até economizar com a academia 50- Caminhando diariamente, você fica em forma e pode até economizar com a academia

"Andar a pé reduz o risco de AVC (Acidente Vascular Cerebral)"










51- Você ganha uma maior resistência aeróbica

52- Auxilia na tonificação da musculatura dos membros inferiores;

53- Aumenta o seu gasto calórico

54- Fortalece os tendões

55- O impacto da caminhada rápida ajuda na calcificação dos ossos, retardando ou evitando a osteoporose, problema que afeta principalmente mulheres

56- Ajuda a controlar a ansiedade

57- Combate a depressão

58- Controla a pressão arterial

59- Contribui para a diminuição dos valores da freqüência cardíaca de repouso (basal)

60- Estimula a socialização

61- Trabalha o equilíbrio do corpo

62- Fortalece as articulações

63- Reduz risco de arteriosclerose

64- Reduz o risco de AVC (acidente vascular cerebral)

65- Reduz risco de infarto do miocárdio

66- Auxilia no controle do colesterol

67- Auxilia no controle do diabetes

68- Aumenta a eficiência do sistema imunológico

69- Age no controle do estresse

70- Reduz o risco de câncer no cólon

71- Auxilia na prevenção do reumatismo

72- Ajuda na melhora da disposição para o dia-a-dia

73- Combate sentimentos de inadequação

74- Melhora a auto-estima

75- Ajuda no controle da obesidade

76- Diminui o risco de lesão devido ao baixo impacto (comprando à corrida)

77- Auxilia no ganho da massa óssea

78- Diminui o risco de varizes

79- Diminui o risco de lombalgia

80- Contribui para o aumento da flexibilidade

81- Aumenta a resistência anaeróbica

82- Ajuda a corrigir vícios posturais

83- Melhora a estabilidade articula

84- Contribui para a melhora de problemas de circulação

85- Considerada a prática mais segura de exercícios aeróbicos do ponto de vista ortopédico e cardiovascular

86- Ajuda a fortalecer braços e troncos (se houver boa utilização dos braços, no movimento da caminhada)

87- Ajuda na oxigenação cerebral, auxiliando na circulação do sangue pelo corpo

88- Traz a sensação de bem-estar

89- Auxilia no aumento da força

90- Reduz o risco de câncer de mama

91- Ajuda a combater a insônia

92- Aumenta a produção endorfina

93- Auxilia no combate à asma



94- Auxilia no trabalho digestivo

95- Melhora o metabolismo energético

96- Combate os radicais livres

97- Melhora a qualidade do sono

98- Retarda o envelhecimento

99- Contribui para a diminuição do risco do diabetes tipo 2

100- Diminui os triglicérides.

Sofrendo ..................

Olá Meninas!!




Como estão? eu estou bem a RA está tudo em cima ....... se não fosse o meu intestino parado, tudo estaria a mil maravilhas......


Já fiz de tudo que me ensinaram e nada .......mamão, aveia, chá de sene, blá,blá,blá mais nada mesmo costumo brincar que o meu deve ser de MARTE por que nunca vi igual..... agora neste momento estou super incomodada pela sensação de está lotada e a outra é que quando consigo sai lascando tudo ....................



Segunda feira vou a proctologista acho que a coisa aqui já está prejudicada pelo meu preguisoço;

Mais pra quem também sofre com esse mau ai vai algumas dicas ......pode ser que funcione para voçes .

Beijos!!


Intestino preguiçoso: cinco maneiras de fazer funcionar






Se você sente a maior inveja de quem tem o intestino funcionando como um reloginho, é hora de acertar os seus ponteiros. Apontamos cinco maneiras de fazer o seu também trabalhar direito


O assunto pode até virar tema de piada, mas a verdade é que intestino preguiçoso tira o humor de muita gente. "A prisão de ventre, ou constipação intestinal, é uma das queixas mais frequentes nos consultórios médicos. Atinge 20% da população mundial e é mais comum em mulheres e idosos", conta o gastroenterologista Hélio Rzetelna, mestre em Gastroenterologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e professor universitário.


"O problema é caracterizado pela dificuldade de evacuar, diminuição do bolo fecal, fezes endurecidas ou número de evacuações inferior a três por semana", esclarece o gastroenterologista Ricardo Henrique Rodrigues, coordenador médico do Ambulatório Geral da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro.


Parou por quê?

Existem várias causas para o intestino travar, mas a baixa ingestão de água e de fibras é a principal delas, confirmam os especialistas, que apontam outros fatores agravantes. "Na gravidez, o útero pressiona o reto e a porção inferior do cólon, atrapalhando o trânsito. Já no hipotireoidismo, o baixo nível de hormônio tireoidiano prejudica o movimento do intestino grosso.


O uso de medicamentos como analgésicos e antidepressivos e até a presença de tumores no intestino grosso podem igualmente provocar a constipação", completa o gastroenterologista José Galvão Alves, chefe da 18ª. Enfermaria do Hospital Geral da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro e professor titular de pós-Graduação em Gastroenterologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.


"Problemas neurológicos, como Mal de Parkinson, e psicológicos, como traumas por abuso sexual, também são desencadeantes", finaliza Hélio Rzetelna.

Para o trânsito fluir


Há uma série de medidas que melhoram o funcionamento do intestino, da mudança dos hábitos alimentares à malhação. Mas se os cuidados não derem resultado, é indispensável consultar um clínico geral ou gastro. Pode ser ainda que a pessoa precise ingerir remédios prescritos pelo médico, geralmente laxantes osmóticos (como sulfato de magnésio), à base de fibras vegetais ou de óleo mineral, entre outras substâncias que aumentam a formação do bolo fecal e facilitam a saída das fezes.
Em situações de emergência, a pessoa pode ainda sofrer uma lavagem intestinal, feita com sonda retal, que retira os resíduos fecais. E o que acontece se a pessoa não se tratar? "Além de prejudicar a qualidade de vida, nos últimos anos a constipação aumentou o índice de doença diverticular e de câncer do intestino grosso", responde José Galvão Alves.


Portanto, não perca tempo e confira agora como fazer seu intestino trabalhar direito:


1. Acerte o cardápioUma dieta pobre em fibras é prejudicial para o intestino. Isso porque elas agem como laxante natural, aumentando o bolo fecal. Conforme os nutricionistas, 30 g são suficientes. Onde encontrá-las? "Verduras com talo e folhas verdes (couve) e cereais integrais (aveia, farelo de trigo) são essenciais", avisa Alex Botsaris, pesquisador de plantas, acupunturista e autor do livro Fórmulas Mágicas (Ed. Nova Era).


Ele lista outros alimentos antiprisão de ventre: "frutas emolientes como ameixa, figo, pêssego, abacate, mamão e tamarindo, e ricas em fibras como manga, laranja (com bagaço), abacaxi e jaca. Já outras que têm pectina (banana e maçã) e tanino (goiaba e caju) devem ser evitadas".


"Iogurte com lactobacilos especiais auxilia no tratamento do intestino preso. Alimentos com psyllium, fibra dietética extraída da semente da Plantago de Ovata, também ajudam mas devem ser consumidos com moderação", sugere a nutricionista Fabiana Case, da Clinica e SPA Harmonya, do Rio de Janeiro.


2. Beba mais águaSozinhas, as fibras podem até piorar a prisão de ventre. Por isso, além delas a dieta deve conter muito líquido, que amolece o bolo fecal e facilita sua saída. No mínimo, dois litros por dia. Você pode ainda consumir sucos naturais (mamão com laranja é ótimo). Só fique de olho para não extrapolar nas calorias.


3. Eduque o seu intestinoDetermine um horário para sentar-se diariamente no vaso sanitário, mesmo sem vontade de evacuar, e permaneça uns 10, 15 minutos. Não desanime se não funcionar nos primeiros dias. Com o tempo, a resposta ao chamado do organismo vira hábito. "O ideal é que esse horário seja logo após uma refeição, para aproveitar a ativação dos movimentos do intestino", recomenda Alex Botsaris.


4. Deixe a vergonha de ladoNem todo mundo consegue usar banheiro coletivo ou ir ao toilette alheio. Mas ficar segurando só atrapalha. "Deu vontade, vá. A constipação piora muito quando bloqueamos o estímulo evacuatório", explica José Galvão Alves. O desejo pode até passar na hora, mas gera uma distensão gradual do canal anal, retendo mais e mais bolo fecal.


5. Mexa o corpoSabia que a ansiedade provoca tensão muscular do intestino, que para de funcionar? Pois a atividade física é uma ótima opção para combater o problema. Exercícios regulares já! Assim, a adrenalina é liberada e estimula as contrações do intestino, facilitando a evacuação. Caminhadas por mais de 30 minutos, natação e ioga estão entre as melhores escolhas.


50 dias para emagrecer de uma vez!

Travando uma verdadeira batalha contra os quilinhos extras? Calma, a gente ajuda! Confira a seguir 50 dicas espertas para manter a linha - e sair vitoriosa

Patrícia Affonso

1 Não consegue viver sem o pão francês? A dica é moderar no consumo, e extrair o miolo. Com essa medida simples, você elimina 40 calorias.

2 E, já que estamos falando em pão, aí vai outro truque. Experimente substituir a manteiga por algumas gotas de azeite de oliva. "Ele proporciona sensação de saciedade", garante Vanessa Leite, nutricionista (RS ).

3 Invista nas amêndoas! Um estudo do City of Hope National Medical Center, na Califórnia, revelou que oito unidades por dia aceleram o metabolismo e a perda de peso. Mas nada de extrapolar...

4 Sirva-se em um local, e coma em outro. "Mantendo-se afastada da mesa, você evita repetir a refeição por impulso", afirma Wanessa Santos, nutricionista da consultoria Sprim Brasil (SP ).

5 Teste seu paladar. "Uma das piores práticas de alimentação é mascarar o verdadeiro sabor dos alimentos, adicionando, por exemplo, açúcar ao suco natural, ou exagerando no molho da salada. Além de aumentar o valor calórico, a gente perde a noção do que está comendo", explica Rejane Sbrissa, psicóloga cognitiva (SP ).

6 Agora que a temperatura começa a subir, abuse dos picolés de fruta, que são saudáveis, gostosos e pouco calóricos. Os sorvetes de massa exigem mais cautela: podem ter o dobro de calorias.

7 Experimente refogar os alimentos com água, em vez de óleo. Parece bobagem, mas essa substituição pode eliminar até 100 calorias da sua receita.

8 Fuja das frituras. Porém, quando isso não for possível, retire o excesso de gordura do alimento frito com o auxílio de um guardanapo. A prática enxuga mais de 50 calorias.

9 Enjoou de gelatina como sobremesa? Que tal incrementar, preparando uma mousse diferente? É só bater um copo de iogurte desnatado e a mesma quantidade de gelatina diet pronta.

10 Não vá às compras com fome. Nessa situação, ficamos mais vulneráveis a escolher com os olhos, e não com a razão. E a encher o carrinho além do necessário.

11 Não adianta tentar compensar os exageros do fim de semana comendo apenas salada na segunda-feira. "Além de deixar o corpo sem energia para a prática de atividade física, a falta de outros nutrientes desacelera o metabolismo, o que faz com que a perda de peso seja, também, mais lenta. Outro fator é que, em casos assim, há maior risco de se perder massa muscular", alerta Tanise Amon, nutricionista clínica do Instituto de Metabolismo e Nutrição (SP ). Há outras formas de tentar reverter o prejuízo: aumente um dia na rotina de exercícios, ou acrescente 15 minutos aos dias nos quais você já pratica.

12 Apesar de supersaudáveis, os sucos naturais podem ser bem calóricos, e preocupar quem faz uma dieta mais rígida. No entanto, a solução para esse problema é simples. Basta misturar o suco de uma laranja (por exemplo) a um copo de água filtrada. Está pronta a famosa laranjada que, além de gostosa, mantém boa parte do valor nutricional da fruta. "A redução pode chegar a 85 calorias por copo", conta Vanessa Leite. Muito melhor do que recorrer ao refrigerante light ou zero.

13 Outra boa opção são as águas aromatizadas, que você mesma pode preparar. A base é uma jarra com água bem gelada, com ou sem gás. Você pode adicionar gotas de limão, algumas colheres de suco de laranja ou maçã, raminhos de hortelã... Solte a criatividade!

14 As aparências enganam. Você sabia que até um prato de salada pode esconder muitas calorias? Nesses casos, os vilões são, quase sempre, os molhos à base de creme de leite ou maionese. Fique de olho!

15 Inove na hora de temperar a salada. Uma colher de sopa de iogurte desnatado com limão tem cerca de 20 calorias. O molho vinagrete, só 35. Já o azeite de oliva, que usamos rotineiramente (pasme!), 119 calorias.

16 O purê de batatas é um dos acompanhamentos preferidos dos brasileiros. No entanto, por ser um alimento pesado, seu consumo fica restrito. Então, que tal apostar na versão de abóbora? "A textura é a mesma do purê tradicional, porém, com a metade das calorias", ressalta Cristina Menna Barreto, nutricionista (SP ).

17 Resista à maionese. Esse alimento conta com uma porção generosa de gordura. Dê preferência à versão light e controle o consumo: no máximo, meia colher de sopa por dia.

18 Já ouviu falar nos alimentos de caloria "negativa"? "São aqueles que exigem que o corpo trabalhe muito para processá-los e, dessa forma, queimam mais calorias do que fornecem", esclarece a nutricionista Renata Del Roio (SP ). Algumas opções são: cenoura, brócolis, alface, abobrinha, cebola, beringela, mamão papaia e maçã.

19 Molho à base de iogurte é muito mais saudável. Experimente misturá-lo (versão light) ao caldo que sobrou do cozimento dos legumes. Adicione ervas e condimentos, à sua escolha, para dar aquele toque final.

20 Fracione as refeições. Esta dica ainda é muito valiosa. E sua função vai muito além de evitar os exageros nas refeições principais. "Esse hábito ativa o metabolismo, que tem de se manter em atividade constante para processar as várias ingestões diárias de alimentos. Outro benefício é que o corpo deixa de armazenar gorduras, pois entende que será reabastecido em pouco tempo", explica Renata Roio. O ideal é que sejam três refeições principais: café da manhã, almoço e jantar, e mais dois ou três lanchinhos, nos intervalos.

21 É fome, mesmo? Além da famosa gula, há outras sensações que podem ser confundidas com a necessidade de comer. A sede é uma delas. Às vezes, um bom copo de água dá conta do recado. E isso sem somar uma caloriazinha sequer. Não é bárbaro?!

22 Que tal uma boquinha antes do almoço? Calma lá, a gente explica: uma pesquisa realizada na Universidade do Estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos, atestou que quem come uma maçã 15 minutos antes da refeição principal ingere 187 calorias a menos. Vale lembrar que a fruta que seria consumida na sobremesa deve ser excluída.

23 Quanto mais colorido for seu prato, maior o número de vitaminas, fibras e minerais que ele contempla. Uma ideia para aproveitar esse benefício é turbinar a salada com frutas picadas. Elas dão um up no sabor e na decoração. E o melhor: com poucas calorias. "Essa medida ajuda, ainda, a controlar a vontade de ingerir doces após as refeições", salienta Alessandra Pannozzo, nutricionista (SP ).

24 Coma com atenção. Estudiosos da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, descobriram que quem se alimenta na companhia barulhenta de um mp3 consome cerca de 100 calorias extras.

25 O mesmo resultado de quem petisca em frente à TV. Segundo uma pesquisa da Erasmus University Rotterdam, na Holanda, o quadro piora se a programação incluir filmes violentos.

26 Tome 500 ml de suco de gelatina, 20 minutos antes do almoço ou do jantar. "A água preenche o estômago e as proteínas demoram a ser digeridas. Dessa forma, há o controle do apetite", garante Vanessa. Anote a receita: misture um sachê de gelatina light com um copo de água, bem quente. Complete com três copos de água gelada. Rende aproximadamente um litro do suco, que pode ser conservado na geladeira.

27 Banana engorda. A história não é bem assim: a do tipo nanica, por exemplo, contém apenas 78 calorias por unidade. Nada exorbitante. Então, você pode recorrer a ela, de vez em quando. E, se você ainda não se convenceu dos benefícios, saiba que a banana é rica em fibras insolúveis, que mantêm a saciedade por mais tempo e ajudam no funcionamento do intestino. Além disso, ela possui vitamina B6, que combate os indesejáveis sintomas da TPM - fase na qual ingerimos até 87% mais calorias do que o habitual.

28 Comece as refeições principais com uma fruta. Se achar muito estranho, pode aderir à sopa de vegetais, desde que ela não contenha ingredientes gordurosos ou pesados, como batata, macarrão e carne

29 Muitos casais engordam após o casamento. Segundo especialistas, isso ocorre porque as refeições tornam-se um momento importante, uma fonte de prazer compartilhado entre marido e mulher. Para não sofrer desse mal, descubra outras atividades interessantes para fazerem juntos, como dançar, passear com o cachorro, ir ao cinema...

30 Tire o saleiro da mesa! Se consumido em quantidade exagerada, o sal favorece a retenção de líquidos. Aí, já viu: você se sente inchada, as roupas não caem bem...

31 E não basta ter cuidado apenas nos preparos caseiros. Muitos produtos industrializados contêm altas quantidades de sódio. Por isso, consulte sempre esse item nas informações nutricionais do produto. O consumo diário recomendado é de dois gramas.

32 Muita gente se assusta com o resultado do índice de massa corpórea (IMC ) que obtém em sites ou testes de revistas. Em caso de dúvida, o melhor é buscar o respaldo de um especialista. "No consultório, analisamos outros detalhes, além do peso e da altura, como biótipo, estrutura óssea, armazenamento de gordura" comenta a nutricionista Alessandra.

33 Evite proibições. Quanto mais a gente tenta vetar um alimento do cardápio, mais tentador ele se torna. Aí vem a compulsão, e consequentemente, o exagero.

34 É apaixonada por massas? Fique tranquila, você não precisa se privar delas. Escolha um dia da semana para uma refeição especial, com esse tipo de alimento. No entanto, opte pelo molho ao sugo, que é muito mais saudável e magro.

35 Se puder abrir mão do queijo parmesão ralado, melhor. Se não resistir, modere. Duas colheres de chá desse produto fornecem cerca de 100 calorias ao prato

36 Já aconteceu de você beliscar vários petiscos durante a tarde e chegar na hora do jantar com a sensação de estômago vazio? "Acontece que, por conta das porções pequenas ingeridas com pouco intervalo e repetidamente, o cérebro não processou a informação de quantidade, importante para saciar o apetite", explica Rejane.

37 Faça uma espécie de diário da alimentação. Comece anotando tudo o que comeu, o horário, as sensações relacionadas àquele momento, etc. Com essas informações no papel, fica mais fácil detectar erros e deslizes e evitá-los nos próximos dias.

38 Substitua o lanche da tarde por um shake light. Quem dá a dica é a nutricionista Cristina Barreto. Bata, no liquidificador, um copo de leite desnatado, três cubos de gelo feitos de leite, um copo de morango e adoçante a gosto. "O leite em cubinhos faz o papel do sorvete e deixa a bebida saborosa e com pouca gordura."

39 Finalize sua refeição com uma boa xícara do seu chá preferido, misturado ao suco de um limão. Essa bebida é digestiva, tem efeito diurético leve e diminui a vontade de atacar a sobremesa.

40 Saia para jantar. Não dá para se desligar dos amigos, do namorado - e consequentemente desses encontros gastronômicos - em nome da dieta. Por isso, a ordem é maneirar. Se a bola da vez for pizza, opte pelos sabores mais simples e magros, como rúcula e mussarela. Mas coma só dois pedaços.

41 Faça uma refeição leve antes desses eventos ou festas: Vale um prato de vegetais, uma salada de frutas ou uma sopinha. Assim, você não chega ao local cheia de fome, tira o foco da comida e pode curtir outros prazeres: a companhia dos amigos, a pista de dança...

42 A farinha de feijão branco possui uma proteína chamada faseolamina, que reduz a absorção de açúcares no sangue e ajuda a eliminar os quilinhos extras. Ingerir uma colher de chá rasa diluída em água, antes das refeições principais, pode reduzir em até 20% a porção de carboidrato presente na comida. Poderosa, não?

43 Muita gente passa batido por esse item, mas ele é muito importante na reeducação alimentar: a bebida alcoólica. A recomendação é evitar o consumo, já que ela desacelera o metabolismo e, no geral, não contém valor nutritivo. No entanto, quando a tentação for maior, opte pelo vinho (que, comparado ao uísque e à vodca, contém metade das calorias e é mais saudável).

44 Mantenha a geladeira abastecida com opções leves e gostosas. O ideal é variar os tipos de frutas e vegetais, para não enjoar, deixá-los sempre lavadinhos e separados em porções, prontos para o consumo. "Assim, a preguiça de preparar algo não servirá como desculpa para atacar itens gordurosos", afirma Renata Del Roio.

45 Bolo simples é um pecado permitido, de vez em quando. Mas olha lá, muita atenção à palavra simples: uma camada de calda pode acrescentar mais de 200 calorias à sobremesa. Uma boa alternativa é a calda de morangos, feita com geleia diet.

46 Terminou sua refeição e ainda sente fome? Antes de fazer um novo prato, espere, se distraia com outras coisas. "O cérebro demora 20 minutos para receber a mensagem de que o corpo foi alimentado e está satisfeito", diz Cristina Barreto. Não atropele esse processo.

47 Tente driblar a vontade de devorar chocolate optando por preparos leves com este ingrediente, como os flans e pudins light. O valor calórico cai para mais da metade.

48 Faça uma lista das razões que a levam a querer emagrecer. "Seja verdadeira, abra seu coração. Leia a lista pelo menos uma vez ao dia e sempre que precisar de motivação para continuar andando na linha", sugere Vanessa Leite.

49 Para deixar sua sopa mais magra, adicione na panela alguns cubos de gelo, retirando-os rapidamente, antes que derretam. A gordura do preparo adere aos cubinhos. Se preferir, mergulhe uma folha de alface no caldo pronto, e a retire minutos depois. O efeito é o mesmo.

50 O autoelogio é um aliado MUITO importante. "Valorize suas conquistas, comemore cada quilo perdido, cada compulsão controlada. Isso ativa a sua confiança. Quem se concentra apenas nos erros que comete, ou em quanto ainda falta para emagrecer, faz da dieta um fardo. E, assim, muitas vezes, um fracasso", alerta Vanessa.

http://corpoacorpo.uol.com.br//nutricao-saude/249/artigo151316-2.asp

DISCIPLINA ESSE É O CAMINHO!!

Olá Meninas!!!







É isso desde 1º de Setembro que retornei a RA, e com as caminhadas e já estão surgindo os primeiros efeitos , como vcs podem ver na régua de peso........... a 1ª pesagem foi no dia 28/08 e a mais recente no dia 03/09........




Depois da bronca do medico, comecei a analisar se realmente valeria apena brinca com a minha saúde................... e nesta analise fui pra frente do espelho(coisa que evitava a muito tempo) e também me analisei como mulher como pude deixar levar ............... e deformar meu corpo desse jeito...............




Em uns dos meus posteres anteriores tem uma matéria sobre pessoas que são obesas mais não se enxerga de tal maneira ..... esse foi o meu caso..... me arrumava e achava que estava linda mesmo com todas as roupas explodindo no meu corpo ............e ele dando sinais que tudo ia mal;




Mais não quero esquecer disso e sim lembrar todos os dias para seguir com muitas garra e disciplina para me tornar uma pessoa mais saudável e depois sim muita mais bonita por fora;




Beijos e uma otima quarta feira


Gordura no Fígado? Melhore sua dieta e reverta o problema

Olá meninas!!!

Como estão? eu estou bem e decidida a volta de vez com a RA e me tornar uma pessoa melhor e mais saudável;

Acho que já comentei aqui que tenho gordura no fígado e tenho que tratar porque as consequencias de não tratar pode ser desastroso, esse foi um dos motivos para repensar melhor em tudo que estava fazendo de errado. É como se a cada dia eu me envenenasse um pouco e ficasse a espera do ponto final, mais graças a DEUS acordei antes disso, agora eu só quero pensar em ser uma pessoa feliz e saudável;

BEIJOS!!!




O fígado é um órgão indispensável ao funcionamento do nosso corpo já que desempenha funções essenciais à vida como:

- Produção de proteínas;
- Armazenamento de glicose (açúcar), vitaminas e minerais;
- Produção de bile (que auxilia a digestão das gorduras);
- Síntese de colesterol;
- Desintoxicação de drogas, medicamentos e outras substâncias químicas.


Doenças no fígado podem ser causados por fatores que incluem o consumo excessivo de álcool, a infecção pelo vírus da hepatite, o abuso de drogas, o diabetes e a obesidade. A alimentação errônea também pode provocar alterações no órgão, como o acúmulo de gordura (ou esteatose hepática) que se manifestam com dor, desconforto abdominal e aumento do tamanho do órgão. Estas alterações podem progredir trazendo sérias consequências à saúde, já que o aproveitamento de virtualmente todos os nutrientes consumidos será prejudicada, acarretando em muitos desequilíbrios orgânicos.

Para o diagnóstico da esteatose hepática o médico leva em conta os sintomas relatados, as alterações laboratoriais (como elevação das enzimas AST e ALT, fosfatase alcalina e gamaglutamiltransferase), sendo a confirmação feita por exames de imagem como ecografia, tomografia computadorizada ou ressonância nuclear magnética.

Apesar do fígado possuir um alto e rápido poder de regeneração, o excesso de consumo de gordura pode levar à esteatose não-alcoólica. Neste estágio a reversão do quadro dependerá de mudanças no estilo de vida incluindo atividade física e alimentação saudável. Existem evidências suficientes para afirmar que dietas ricas em gorduras e açúcares (ou dieta fast food, como alguns chamam) pode danificar o fígado. O problema não é a gordura ou açúcar em si, já que estes são nutrientes importantes para o nosso corpo, mas o consumo excessivo das calorias vindas dos mesmos. Uma única refeição de uma cadeia de lanchonetes qualquer pode conter até 2.000 calorias, quantidade suficiente para um dia inteiro!

Cuide-se. Não é tão difícil e você se sentirá muito melhor, mais bem disposto e com mais energia. Os passos para a prevenção e reversão da esteatose hepática de causa alimentar (ou não alcoólica) incluem:

1. Limitar o consumo de fast food (pizzas, sanduíches, batata frita a uma vez ao mês);
2. Consumir alimentos mais saudáveis incluindo frutas e verduras no cardápio, diariamente;
3. Limitar o consumo de refrigerantes e bebidas alcoólicas;
4. Fazer um check-up cardiológico e iniciar a prática de atividade física regular e moderada afim de manter o peso dentro de limites saudáveis;
5. Retornar ao hepatologista e repetir os exames de sangue para averiguar a redução de enzimas hepáticas;
6. Procurar um nutricionista para orientar sua dieta em termos calóricos e quanto aos tipos de alimentos mais apropriados para cada horário do dia.



http://andreiatorres.blogspot.com/search/label/Emagre%C3%A7a

O Espelho nem sempre é o que parece!!

Saiba o que é “gordorexia”



Novo distúrbio mostra pessoas obesas sem consciência de que estão acima do peso

chamada.jpg
JUNHO 2008
Shelley pesava 116 kg, mas
não se achava obesa

A empresária britânica Sara Bird, 45 anos, é um caso a ser estudado, literalmente. É da natureza feminina, independentemente de suas medidas, se olhar no espelho e se achar acima do peso – dois ou três quilos que sejam. Com ela, a história foi outra. Sempre que via seu reflexo, achava que estava com um corpo ótimo. Só que, há cinco anos, quase por acaso, ela descobriu que pesava 123 quilos. A revelação se deu durante uma consulta médica, quando foi convidada a subir na balança – aparelho que não encarava havia anos. “Eu sabia que não era magra”, disse ela à IstoÉ. “Mas nem de longe imaginava estar 30 quilos acima do meu peso.” Ao chegar em casa, arrasada com o diagnóstico, Sara tirou toda a roupa e se obrigou a enfrentar o espelho. “Fiquei paralisada, extremamente chocada”, conta. “Ao mesmo tempo que as anoréxicas parecem um pirulito, com aquela cabeçona e aquele corpinho, eu parecia um pirulito às avessas, com aquele corpão e aquela cabecinha.”

img1.jpg
JUNHO 2009
Depois de se dar conta do
problema, perdeu 45 kg

Como Sara pôde estar tão equivocada? Depois de muito se perguntar, pesquisar e consultar especialistas, ela chegou à conclusão de que sofria de uma espécie de anorexia invertida. Da mesma forma que um anoréxico se olha no espelho e se vê gordo, mesmo estando excessivamente magro, ela se enxergava magra, mesmo sendo extremamente gorda. A esse distúrbio de imagem ela deu o nome de fatorexia, ou gordorexia, numa tradução livre. “Quando eu me olhava no espelho, eu via um rosto atraente, com uma pele impecável e cabelos perfeitos. Estava sempre de unhas feitas e usava sapatos charmosos e roupas elegantes”, diz ela. Sara, no entanto, raramente buscava o seu reflexo em espelhos de corpo inteiro – bem diferente do que fazem os anoréxicos típicos – e costumava usar roupas de elástico na cintura. “Eu vinha de 20 anos de dietas, convivia com o efeito ioiô e tinha uma ideia equivocada do meu peso porque, inconscientemente, fugia desse assunto.” Sua experiência resultou no livro “Fatorexia – What do You See When You Look at Mirror?” (Gordorexia – O Que Você Vê Quando Olha no Espelho?). Lançada no mês passado no Reino Unido – sem previsão de chegada ao Brasil –, a obra esgotou das prateleiras em três semanas e uma segunda edição já está chegando às livrarias.

img.jpg
LEDO ENGANO
Sara Bird se achava magra até
constatar que pesava 123 kg

O objetivo de Sara ao publicar o livro era chamar a atenção da comunidade médica e de pessoas com experiências semelhantes à dela para que seu distúrbio de imagem fosse estudado e catalogado clinicamente. E ela está conseguindo. Até o momento, a gordorexia ainda não encontra respaldo científico, pois nunca se pesquisou a fundo tal questão. No entanto, segundo especialistas ouvidos por IStoÉ, ela é plausível. “todas as questões que envolvem imagem corporal ainda são muito novas para a medicina”, explica o psiquiatra táki Cordas, coordenador do Ambulatório de transtornos Alimentares do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo. “É, provavelmente, mais um distúrbio de imagem que surge no mundo contemporâneo”, diz Gisele Prado, psicóloga do Centro de Cirurgia da obesidade do Hospital Israelita Albert Einstein. Além da anorexia nervosa, a única reconhecida como doença pela organização Mundial de Saúde (oMS), há outros transtornos, fenômenos mais recentes que começam a receber atenção da medicina (leia quadro). todos eles têm o componente do distúrbio de imagem em comum e podem ser amenizados com terapia psicanalítica ou cognitivocomportamental. Mas só a anorexia pode levar à morte.

G_Anorexia.jpg

Durante os cinco anos em que se debruçou sobre o assunto, Sara afirma ter conversado com centenas de pessoas que viveram experiências semelhantes. “Em sua grande maioria, eram mulheres que evitavam o espelho e descobriram estar obesas depois de um longo tempo de ilusão”, conta. A americana Shelley Bowman não conhece a autora, mas se encaixa perfeitamente no perfil. Em maio
de 2008, no mesmo dia em que decidiu eliminar seus muitos quilos a mais, ela lançou o blog My Journey to Fit (Minha Jornada ao Emagrecimento). Nove meses depois, muito antes de Sara lançar o seu livro, Shelley postou na sua página uma reflexão com o título “fatorexia” (ou gordorexia). Coincidentemente, a americana teve o mesmo insight que a britânica ao descrever sua experiência com o espelho. Ao se deparar com uma fotografia sua, junto de sua bicicleta nova, tirada à época pelo marido, a ficha de Shelley caiu. “Eu sabia que estava acima do peso, tanto que havia iniciado um combinado de dietas e exercícios, mas não tinha noção de que era tão grande! Acho que os espelhos estão enfeitiçados... ou eu sofro de gordorexia”, escreveu na época no blog. Shelley levou um ano e seis meses para perder 45 quilos. Hoje, pesa 69 quilos, mas ainda não confia no seu reflexo. “Tenho medo de não estar vendo o que de fato sou”, diz.

Sara acredita que o reconhecimento da gordorexia como distúrbio de imagem – ou até mesmo como doença – ajudaria outros obesos a encarar a sua situação e a se tratar. “Sem saber que estava tão gorda, eu não tinha amarras à mesa, comia demais, e sem culpa”, diz. Atualmente, ela pesa 112,5 quilos. Desde a constatação de sua obesidade, não perdeu o peso que precisa, mas agora tem consciência de suas medidas e as vigia. “Há dois anos peso a mesma coisa e isso é uma grande vitória para mim”, diz. Como se vê, conhecer o problema é o primeiro passo para solucionálo.

http://www.istoe.com.br/reportagens/69632_AS+GORDOREXICAS

Aprenda a perder peso como os homens



Uma das coisas mais irritantes que as mulheres ouvem dos homens é “estou meio gordinho, tenho de maneirar na cerveja”. E pra piorar, muitas vezes com apenas essa atitude eles conseguem emagrecer o suficiente para entrar na calça jeans de um ano atrás. Não é justo, mas é assim que a natureza fez o corpo masculino: eles perdem peso mais rapidamente.



Primeiro, eles têm mais massa muscular, o que faz que queimem 30% mais calorias que nós, mulheres. O corpo feminino também é mais propenso a estocar energia – ou seja, mais gordura – e a flutuação hormonal durante o mês também pode levar a picos de comilança (especialmente chocolate).



Outra coisa: quando os homens vão à academia, é uma questão de honra aumentar o peso usado para a musculação toda semana. Normalmente as mulheres não se interessam muito nisso, com medo de ficarem musculosas.



Mas não é só uma questão do corpo. Os homens lidam de maneiras diferentes com algumas situações de estresse e acabam tendo certa vantagem psicológica. Abaixo alguns hábitos que devíamos copiar deles:



1. Eles não ficam desesperados por doces.



Tanto homens quanto mulheres têm momentos de compulsão alimentar. Mas enquanto você corre atrás de chocolates ou algo muito doce, eles procuram um belo e suculento filé, de preferência do tamanho do próprio sapato.
Uma pesquisa da Universidade de Cornell, EUA, comprovou que quando as mulheres têm esses picos de compulsão, elas procuram doces, enquanto os homens correm atrás de grandes quantidades de proteína, de preferência animal. Então vamos lá: da próxima vez que você quiser comer loucamente, por algum motivo, prefira alguma proteína, como um pedaço de queijo, ou mesmo uma cheesecake diet. Ou então coma algumas porções de amêndoas, que também são ricas em proteínas. Mas não exagere.



2. Eles se estressam menos quando fazem algo errado na dieta.



Ops, você cometeu um erro em um grande projeto. E agora? Se você é mulher vai acabar se culpando pelos erros e talvez coma mais do que devia para apaziguar suas emoções. Depois vai ficar tentando compensar a quantidade exagerada de comida ficando à míngua por alguns dias. Adivinhe? Eles ficam estressados, mas se comerem a mais não ficam nem um pouco culpados.
“Os homens, quando fazem algo errado na sua rotina alimentar, ficam tranquilos e logo depois voltam à rotina, sem grandes estresses”, diz Edward Abramson, da Universidade Estadual da Califórnia. Eles evitam o perfeccionismo: quando comem demais, comem um pouco menos nos dias seguintes, mas nada exagerado. Já as mulheres variam entre 0% e 100% em suas dietas: comem demais em um dia e depois só consomem água e salada tentando compensar a culpa. Essa variação repentina pode deixar seu organismo confuso e a dieta pode acabar não funcionando da forma adequada, dizem as pesquisas.



3. Eles levantam mais peso.



Alguns especialistas acham que as mulheres poderiam fazer treinos mais pesados na academia. “Quando o homem começa a frequentar uma academia ele sempre vai tentar fazer o exercício um nível acima do que lhe foi passado ”, diz Lou Shuler, especialista em educação física. O resultado: os músculos aparecem mais rapidamente e o corpo consome mais energia. Então vamos lá, deixe os pesinhos e as sessões rápidas de lado e tente passar para pesos maiores com sequências menores.



4. Eles não usam a comida como terapia.



As mulheres são duas vezes mais propensas ao binge (comer exageradamente em pouco tempo) quando estão se sentindo deprimidas, diz um estudo da Universidade de Minnesota, EUA. Além disso, as mulheres também têm o dobro de propensão para a depressão em relação aos homens. E pior, após um momento de binge, elas se sentem culpadas e mais deprimidas.
Os homens também podem desenvolver ambos – depressão e binge – mas eles não associam a comida com se sentir melhor. “As mulheres devem estar atentas a não fazer da comida uma compensação para uma situação ruim que aconteceu. Com isso, elas poderiam trocar um alimento por uma caminhada, por exemplo”, diz Gloria Arenson, psicoterapeuta da Universidade da Califórnia.



5. Raiva: eles focam seus estresses em outras coisas.



Os homens preferem descarregar sua raiva em atividades físicas e isso inclui polir o carro três vezes no mesmo dia ou desmontar o computador para instalar uma nova placa mãe que faz a mesma coisa que a anterior. As mulheres, muitas vezes, descontam em um pacote de bolachas, ou em um pote de sorvete. Então, imite-os, só que de forma mais inteligente: faça uma aula de spinning ou pegue aquele boneco de borracha na academia para socar por uma hora. Quanto mais formas de escapar da comida, melhor.



6. Ele tem tempo para si mesmo.



Aqui está outra razão por que os homens podem se estressar menos: eles dizem que querem um tempo para ficar sozinhos ou então somem para um happy hour com os amigos. Isso te irrita? Provavelmente sim. Mas ao menos eles ficam menos estressados. E você? Tem tempo para si mesma?



7. Eles comem de tudo, mas não muito.



Uma pesquisa austríaca sobre hábitos envolvendo dietas chegou à conclusão de que homens em programas de controle de peso muitas vezes não cortavam alimentos de suas refeições, mas preferiam comer menos daquilo que era considerado “proibido” no cardápio.
Já outra pesquisa sobre o tema, feita pela Universidade de Toronto, observou que as mulheres preferem se privar de certos alimentos e isso pode levar a um consumo excessivo desse alimento antes do início da dieta ou então durante os finais de semana (chamado efeito “última refeição”) ou a um sentimento de estresse e angústia enquanto não se pode comer esse determinado alimento.



Outra coisa: quando os homens sentem fome durante um período de dieta, eles se distraem. Já as mulheres costumam ficar pensando em não comer. São duas atitudes completamente diferentes, afirmam os pesquisadores.

-

Depois da tempestade..........






Olá Gente, como estão todas(os) eu agora estou bem .............mais gente foi tanta coisa acontecendo que nem sei por onde começar..




Mais vamos lá, como dito no meu ultimo poster fui a vários médicos fazer todos os exames a que tem direito............... e um deles foi a mamografia que levantou uma suspeita de CA.... quase morri com esse primeiro resultado e até fazer a punção e receber o resultado da biopsia foi uma eternidade em minha vida angustiada;




Resultado ................ chorava e comia para tentar suprir a dor da espera do inesperado, mais graças a DEUS no fim do mês passado levei o resultado da biopsia ao mastologista que logo me tranquilizou, comunicando que não se passava nada além de uma pelota de gordura ........... ai foi um alivio, deu vontade se sair correndo de tanta felicidade.............




Consequencias de um mês de angustia............... sexta passada fui a nutri ...... eu tinha a certeza que tinha engordado mais o resultado da balança me supriendeu 99,900 Kg que horror quase 100Kg/ por 100Gr ................... conversei bastante e ela deu varias dicas para que eu possa reverter esse quadro ..................... hoje me enviou por e-mail uma orientação nutricional persolanizada para que seja mais fácil levar tudo sem sacrifícios......... (já comecei hoje);




Também no sábado procurei meu cardiologista que além de me liberar para pratica de exercicios me liberou do remédio de pressão a que eu fazia uso................. que agora estava sendo desnecessário para mim já que a pressão que sempre oscilava está controlada (isso também é bom); e logo procurei uma academia para me matricular ............. vou fazer hidroginastica e a musculação só quando fazer o teste ergometrico............ mais já é um começo;




É isso gente o mês de maio foi duro para mim ......... mais acabou e com ele todo o sofrimento que me rondava........................ agora é como o maridão falou................ já que está tudo beleza não perca mais tempo vá a luta;




Agora estou retornando a RA, a meu blog e tudo que me faz bem;






Beijos !!

13 de Abril ............. dia do Beijo!!!


Olá Lindonas!!







Oi gente linda estou bem mais, ............... como minha lindona da Beth falou e com toda razão estou bem sumidinha, mais jamais esquecidas de todas;





Gente estou bastante desmotivada ......... mais não desacreditada que eu posso ser uma pessoa normal, estou fazendo um checap geral e vou levar para nutri e endocri........ vamos ver como é que tá tudo......... e depois venho contar pra vcs;



Mudando de Assunto:




Hoje é o dia do beijo, mais como beijo não tem dia ............... e todos são muito bons.........

Vamos beijar...............

Beijo de mãe, de irmão de filho de amigos e do seu amor melhor ainda.....

Então gente vamos beijar muito ...........



Tudo de uma vez só



Olá Meninas!!








Oi como estão todas? eu estou indo ....gente é muita coisa acontecendo de uma vez só;



Levei uma queda e machuquei o joelho.... que está uma bola

Torce o tornozelo ............. que está um mamão de tão inchado

O pior "Médicos Incompetentes" isso não é nada de mais .......um remeidinho, uma faixinha e fica bom ....... só se for o dele....


É isso 15 dias e está tudo pior muito inchaço e dor.............. vou ter que procurar outro´incompetente......


Fora isso está tudo bem a RA não está lá essas coisas mais tá indo ............... vou fazer os exames que a nutri me recomendou e voltar na próxima semana .......... vamos ver como anda essa caixinha de surpresas , que é o meu corpito;



a todas que sempre deixam um recadinho me incentivando e dando aquela força que é tão importante;


Mil beijos e uma otima quarta para todas!

Com Saúde não se Brinca!

Olá Meninas!!
http://3.bp.blogspot.com/_FFSpY4jq6Lo/SDNhSb5cBCI/AAAAAAAAACc/DflxmwNKt0A/s320/obesidade1.jpg

Quanto tempo não venho aki......... mais foram uma porção de coisas que me levaram a não postar e uma delas foi o meu aumento de peso significativo.............. ai que vergonha;

E não só a vergonha mais a tristeza que tomava conta de mim por não tá levando a minha doença a serio..... é a obesidade é uma doença muito seria e que acarreta muitos danos a saúde;

É sei disso e não liguei e continuei a brincar com a minha saúde .... até que mais uma vez o meu corpo deu mais um sinal de alerta....... dizendo Kécia, olha ai menina mais um sinal de a coisa não funciona bem assim ....trata de tomar conciencia que tá tudo errado e não dá pra ficar assim!!!!

E foi isso gente passei mal, muito mal ..... pressão lá em cima, falta de ar, cansaço excessivo, dormência nas mãos e tudo é de coisa ruim...uffa!!! pensei que ia morrer!!

Ai tomei uma decisão .... é eu quero viver e muito e com muita saúde ..... ontem fui a cardiologista que também é nutricionista e ela me confirmou que as coisas não ficam bem do modo de vida que estou levando....ou melhor que estava levando!

Me pediu vários exames, que já marquei pra fazer não quero mais perder tempo ....... reforçou mais uma vez as coisas que eu posso e não posso .......... que alias já estou quase dando aula de nutrição kkkkkk é pra ri mesmo MERDA SEI TUDO O QUE É CERTO E ERRADO MAIS PORQUE SEMPRE É MAIS FÁCIL O CAMINHO ERRADO?

Mais vou deixar esse caminho de lado e caminhar por outro .... mesmo que ele seja cheios de pedras e espinhos mais vou vencer...... pra isso já comecei a lutar!!

Meu peso do recomeço é 90Kg ............

Beijos!!

Segundona!!!!

Olá Gente!!!
http://1.bp.blogspot.com/_g5cLbdk1GUQ/Sau0rpJN5uI/AAAAAAAAAVw/2p03AOBYXe8/s400/segunda-feira.jpg

Mais uma semaninha começando uffa!!! mais vamos lá, depois de um fim de semana, que dizer de um sábado regrado a JACAS ..................

Hoje também não fui bem .... até que comecei com um café da manhã legal, mais no almoço tive que ir ao shopping resolver alguns probleminhas e não deu tempo para uma refeição legal e ai terminei comprando duas esfiras e um kibe e uma coca ......... viu não foi legal, agora a noite me controlei e foi mais ou menos legal.... mais bola pra frente;

Hoje passei a tarde pesquisando uma academia que fosse legal e baratinha......... nossa como essas coisas cada dia se torman tão cara.......... mais depois de fussa muito achei uma que se enquadrasse no meu bolso e tempo .... pretendo fazer a matricula na sexta que é o dia do dindi, espero não desistir;

É isso ai lindas peso só na sexta lá na academia ......... espero não ter decepção;



Recebi daLayla do blog:http://http://tentandomeamarnovamente.blogspot.com/
a proposta é indicar 12 amigas e avisar quem ganhou:

Brigadinha a Layla pelo selinho e fica para que quiser pois imagino que muitas já o tenham;



Um Beijinho a todas!!

Amigas ou Inimigas?

Olá Gente!!
http://1.bp.blogspot.com/_XNRFeGLP39c/SuRPSdzZktI/AAAAAAAAAHI/iDay68cayE0/s320/amigas+falsas+3.jpg

Já ouviram falar nesta frase? Amiga da Onça!

Tem certeza que sim, pois é gente estou muito bem na minha R.A finalmente ela decolou e tudo está indo muito bem sem jacas e com muito NÃO OBRIGADA!

Mais tem gente que se incomoda muito quando ve que vc está conseguindo..... tem uma colega que é magrinha e come pra dedeu e não engorda sorte dela que não tem tendência...... mais do outro lado tem eu e uma outra amiga que também está acima do peso, e que também esta se reeducando...........

E ai vem a outra logo após o almoço vamos comer? NÃO OBRIGADA ..... mais só um pastel, só um sanduiche, só uma vitamina e etc...........

POXA
ela ta vendo que não queremos mais essa orgia alimentar , que não queremos mais passar mau com falta de ar e muitos problemas que a obesidade trás..........

Tenha a santa paciência ........... e é coisa que não tenho muito com esse tipo de coisa;

Mais ela não vai me vencer pela insistência.......... vou mostrar pra ela e para todas as sabotadoras que eu posso e vou ser saudável e não vou desistir de ser feliz ;
http://1.bp.blogspot.com/_-Q8fltPxerI/SnbjyAJwXmI/AAAAAAAAALA/WOT08dZQlfE/s400/n%C3%A3o+tem+pre%C3%A7o.jpg
Beijos e que todas tenham uma otima noite:

Pela boca



Alimentação correta garante boa forma e pique no verão


As sempre benvindas frutas são especialmente indicadas para serem consumidas em dias mais quentes

O ideal é, segundo a especialista, ingerir, ao menos 2 litros de líquidos por dia
Água, frutas, legumes, verduras e cereais integrais podem fazer a diferença em dias mais quentes, que acabam gerando menos disposição e o mal-estar físico em algumas pessoas. O motivo para isso pode estar na alimentação, já que o organismo tem um trabalho maior para manter a temperatura corporal e, enquanto ele faz a digestão, desvia parte da energia para esse processo, gerando uma sensação de peso.

A professora do curso de Nutrição da Universidade Nove de Julho (Uninove) e mestre em Ciência e Tecnologia dos Alimentos, Danielle Melo da Costa Leite, ressalta que o ideal é evitar as comidas muito gordurosas e de difícil digestão – como os vendidos em fast foods -, as frituras e as bebidas alcoólicas, que provocam a desidratação.

“A hidratação adequada precisa ser uma das principais preocupações de uma pessoa. Devemos ingerir cerca de dois litros de líquidos por dia. Com relação aos alimentos, é necessário priorizar o consumo das frutas - em estado natural ou em forma de suco -, dos cereais integrais e das saladas de legumes e de verduras que, além de refrescarem, geram maior disposição e contribuem para a manutenção da forma física, pois são pouco calóricos”, exemplifica a professora.
Cereais integrais são perfeitos para o café da manhã
Torna-se mais fácil iniciar uma dieta para a redução de peso nesse período mais quente do ano, em virtude da predisposição do organismo em consumir menos calorias. Além disso, a maior ingestão de líquidos dá a sensação de saciedade e ainda contribui para a redução do apetite para alimentos “gordos”.

Comer fora de casa nessa época também requer alguns cuidados. “Devemos nos preocupar com a segurança dos alimentos. Por isso, o ideal é evitar o consumo de sanduíches com maionese e os comercializados por ambulantes, pois podem não estar refrigerados da forma adequada, em até 5°C”, alerta Danielle.
Vale apostar também nos sucos naturais
De acordo com a nutricionista, os alimentos fora da temperatura adequada podem gerar bactérias que causam diarréia, vômito e dores abdominais, provocando, inclusive, um quadro de desidratação.

Portanto, ficam as dicas para curtir o verão e ainda manter a boa forma.
As verduras podem ser consumidas em forma de salada ou cozidas, com pouco azeite